Patrono e Paraninfo

Patrono e Paraninfo

Roberto Marinho foi escolhido como patrono e paraninfo de turmas, principalmente de cursos universitários, em todo o país. Em algumas solenidades de formatura recebeu, ainda, uma homenagem especial do evento. Em muitas ocasiões, o jornalista e empresário não pôde comparecer, tendo sido representado por Arnaldo Nogueira, Luiz Eduardo Borgerth ou Walter Ramos Poyares.


Década de 1960

12/1966 Patrono na solenidade de encerramento do ano letivo da Escola Irineu Marinho (Rio de Janeiro, RJ). Na mesma ocasião, o jornalista foi o responsável pela entrega das medalhas do prêmio Mérito Escolar Marechal Rondon, instituído pelo Museu de História do Rio de Janeiro (RJ). Por sua participação, Roberto Marinho recebeu um diploma da Láurea do Mérito Cívico Escolar, concedido pelo museu.

01/1969 Homenageado de honra da solenidade de formatura do curso de especialização em Relações Públicas e Comunicação, da Fundação Vieira Fazenda, no Museu da Imagem e do Som (MIS-RJ). Roberto Marinho agradeceu o convite e recebeu o diploma de Honra ao Mérito, mas informou a impossibilidade de comparecer à solenidade na data prevista.