Condecorações

Condecorações

Desde o início de sua vida profissional, Roberto Marinho foi reconhecido por sua contribuição ao desenvolvimento do país. Recebeu diversas condecorações, comendas e medalhas de órgãos e instituições oficiais, civis e militares. Foi nomeado para muitas ordens honoríficas, tendo sido, em alguns casos, promovido ao seu mais alto grau. Destacam-se a Medalha de Guerra, concedida pelo Ministério do Exército, e a Grã-Cruz da Ordem do Rio Branco, concedida pelo Ministério das Relações Exteriores. Como Chanceler da Ordem Nacional do Mérito, comenda concedida pela Presidência da República do Brasil, Roberto Marinho foi Presidente da Comissão Permanente do Livro do Mérito, um reconhecimento de sua atuação em favor da educação.


Década de 1960

29/01/1960 Grão-Mestre da Ordem Nacional do Mérito, concedido pela Presidência da República. Em 30/06/1960, foi nomeado Chanceler da Ordem e Presidente da Comissão Permanente do Livro do Mérito, onde permaneceu até 1967. Em 29/01/1961, Roberto Marinho foi promovido a Grã-Cruz.

15/06/1960 Diploma de Mérito do Lions Clube do Rio de Janeiro.

05/09/1960 Diploma de Honra do Sindicato dos Distribuidores e Vendedores de Jornais e Revistas do Estado da Guanabara.

21/10/1960 Medalha Mérito, concedida pela Sociedade Brasileira de Direito Aeronáutico pelos serviços prestados ao Direito Aeronáutico.

25/05/1961 Medalha do Mérito Industrial, concedida pela Confederação Nacional da Indústria para distinguir os serviços prestados à indústria e ao progresso do país.

07/09/1961 Medalha de bronze, concedida pela Rádio Ministério da Educação e Cultura, no ano de seu Jubileu de Prata, em reconhecimento aos serviços prestados ao desenvolvimento da radiodifusão educativo-cultural.

11/12/1961 Diploma de Honra ao Mérito do Serviço de Alimentação da Previdência Social, concedido a Roberto Marinho pelo Ministério do Trabalho e Previdência Social do Brasil.

08/01/1964 Medalha do 2° Centenário do Nascimento de José Bonifácio de Andrada e Silva, concedida pela Sociedade Brasileira de Heráldica.

11/01/1966 Medalha de condecoração pela inauguração do monumento-altar ao padroeiro da cidade do Rio de Janeiro, concedida pela Comissão Executiva para erigir o monumento-altar a São Sebastião, do Instituto Histórico e Geográfico da Cidade do Rio de Janeiro.

25/11/1966 Grã-Cruz da Ordem do Albatroz, concedida pelo Museu de História Sociedade Civil Cultural Tradicionalista.

08/1967 Medalha do Mérito Educacional, concedida pelo Conselho de Representantes do Colégio Cardeal Leme a personalidades brasileiras que tenham atuado em prol da educação.

17/01/1968 Medalha Comemorativa do IV Centenário de Santa Cruz, município do estado da Guanabara. A medalha foi concedida pela Associação dos Filhos e Amigos de Santa Cruz.

01/05/1968 Ordem do Mérito do Trabalho no grau Grande Mérito. Foi promovido pelo presidente João Figueiredo ao grau Grã-Cruz em 19/04/1982. 

24/05/1968 Medalha do Pacificador, concedida pelo Ministério do Exército, pelos serviços prestados ao Exército brasileiro. A condecoração foi entregue em 23/12/1969 pelo então ministro do Exército general Orlando Geisel. Na mesma solenidade, outras personalidades também receberam a condecoração, dentre elas destacam-se Chagas Freitas e Nelson Rodrigues.

10/09/1968 Diploma de Mérito, concedido pela União dos Escoteiros do Brasil, pelos serviços prestados ao escotismo.

05/09/1969 Comendador da Ordem do Mérito Militar, Quadro Suplementar, concedido pelo Ministério do Exército. Promovido ao grau Grande-Oficial em 25/08/1986.

18/12/1969 Medalha Comemorativa da I Semana Nacional dos Transportes, concedida pelo Ministério da Viação e Obras Públicas, em reconhecimento pela colaboração prestada à campanha.

12/1969 Medalha comemorativa do XX Aniversário da Escola Superior de Guerra.