Globo News

Globo News

Globo News, o primeiro canal brasileiro de notícias 24 horas no ar, foi criado em 15 de outubro de 1996, sob a liderança da jornalista Alice-Maria. 


24 horas no ar

Globo NewsO modelo de referência usado para a criação da Globo News foi a CNN, TV a cabo americana criada em 1980. Fazer do telespectador testemunha dos fatos sempre foi um dos principais objetivos. “Quem assiste ao canal quer informação, saber os porquês e os desdobramentos dos fatos mais importantes”, afirmou Alice-Maria, em entrevista por ocasião dos 15 anos da Globo News, completados em 2011. A jornalista foi diretora do canal até 2009, quando assumiu a Diretoria de Desenvolvimento e Programas Especiais da Rede Globo.

Ao longo de quase 20 anos, o canal exibiu diversas coberturas nacionais e internacionais, além de revelar profissionais que passaram a ocupar lugar de destaque no jornalismo da Globo, como Renata Vasconcellos, Christiane Pelajo e Márcio Gomes. 

A Globo News nasceu com a determinação de cobrir os fatos e temas com profundidade. Na época de sua criação, houve uma discussão sobre se um canal 24 horas de jornalismo não diminuiria a audiência do Jornal Nacional. Segundo Roberto Irineu, no entanto, isso não aconteceu. No livro Globo News 10 anos – 24 Horas no ar, lançado pela Editora Globo, ele analisa: “Na verdade, a Globo News está ‘chamando’ 24 horas por dia para o Jornal Nacional. Mas, é importante ressaltar, ela não pode ter a mesma linguagem do JN. É fundamental que a Globo News tenha uma linguagem diferente na maneira de contar, de mostrar, de analisar os assuntos. Deve ter também um visual diferente. Logotipo, logomarca e chamadas são propositalmente diferentes dos da TV Globo”.

Outra questão levantada por ocasião do lançamento do canal é se ele não seria muito elitista. Preocupação logo descartada. “Jornalista tem que falar de um jeito que todo mundo entenda. Como a Globo News nasceu da TV Globo, já era imbuída dessa capacidade de se comunicar com todos os públicos”, salienta Ali Kamel, atual diretor-geral de Jornalismo e Esporte da Globo.

Dois anos depois da estreia, a Globo News já tinha identidade própria. Cumpriu o papel de dar mais peso às coberturas jornalísticas, como a morte da princesa Diana, a cobertura do atentado às torres gêmeas do World Trade Center, e transmitindo acontecimentos ao vivo, como as CPIs no Congresso. Uma cobertura que aprofunda as notícias através de debates, análises e comentários, com o apoio de especialistas nos mais diversos assuntos.

“É um projeto que considero brilhante. Não é brincadeira fazer um canal 24 horas por dia de jornalismo”, afirmou Evandro Carlos de Andrade em entrevista ao Memória Globo, em 2001. O jornalista, que recebera de Roberto Marinho a incumbência de fazer um canal a cabo, 24 horas de notícias, era um entusiasta do canal.

Entre os principais programas da Globo News estão os noticiários Jornal Globo News (antigo Em Cima da Hora), Jornal das DezEstúdio I e Conta Corrente, os programas culturais Almanaque, Starte e Sarau, os programas de entrevista Espaço AbertoEntre Aspas, Globo News Literatura e Globo News Painel e programas como Via BrasilPelo Mundo, Cidades e SoluçõesArquivo N e Milênio. A Globo News conta ainda com programas especiais feitos por jornalistas renomados como Fernando Gabeira, Roberto D’ Avila, Mário Sérgio Conti e Miriam Leitão. O canal também reapresenta programas da Globo, como o Fantástico.

“A Globo tem hoje, na Globo News, uma das melhores TVs a cabo do mundo, senão a melhor, na rapidez e qualidade da informação, conteúdo e profundidade”, afirma Carlos Henrique Schroder.