Educação

Educação

Solucionar os problemas educacionais da maioria da população, ajudar a construir um país melhor e a formar cidadãos mais preparados para enfrentar os desafios da vida moderna é o lema da Fundação Roberto Marinho. Desde o início, a finalidade é usar a educação como fio condutor da cidadania. Referência em ensino à distância, o Telecurso é um exemplo de método para reduzir custos aos governos e ampliar a oportunidade de acesso à educação para milhares de brasileiros. 


Ciranda de Livros

Estimular o hábito da leitura num país que pouco lia era o desejo de Roberto Marinho quando apoiou a criação da Ciranda de Livros, um projeto em parceria com a Fundação Nacional do Livro Infantil e a Hoechst do Brasil, em 1982. A Ciranda era uma espécie de biblioteca pública. Distribuiu livros para escolas do Rio e criou cursos de aperfeiçoamento sobre literatura infantil. A escritora Laura Sandroni, que coordenou o projeto, lembra que, “se hoje, no Brasil, as pessoas estão mais receptivas ao livro, isto é, em parte, efeito da 'Ciranda'.” Nos primeiros quatro anos, o projeto beneficiou 30 mil escolas, que atendiam a 4,5 milhões de alunos do primeiro grau.