Meio ambiente

Meio ambiente

Não é só com campanha ou material didático que se conscientiza governo e população a evitar a destruição do meio ambiente. A luta contra a extinção de espécies de bichos, o desmatamento, a poluição de rios e mares é uma ação constante na área de Meio Ambiente da Fundação Roberto Marinho. Esse é um legado de Roberto Marinho que, desde o início da Fundação, cuidava do patrimônio natural do país.


Homem de Visão

Os ataques à natureza incomodavam Roberto Marinho desde o começo da Fundação. No início da década de 1980, a preservação ambiental virou tema das campanhas e documentários que começavam a ser feitos sobre os parques naturais, animais em extinção e reservas biológicas. Os vídeos registraram o Projeto de Conservação do mico-leão-dourado, a Reserva Biológica do Atol das Rocas, entre outros. Em 1990, a luta ecológica de Roberto Marinho ganhou um poderoso aliado, o então arcebispo de Olinda e Recife, Dom Hélder Câmara, que disse na época: “A natureza é criação de Deus, como nós. É nossa irmã. É um crime estragá-la.”

Anos depois, a Fundação Roberto Marinho desenvolveu projetos que contribuíram para evitar desgastes mais severos ao meio ambiente. Alguns merecem destaque, como Tom da Mata, Florestabilidade e Multicurso Água Boa.