Década de 1970

Década de 1970

Nos anos 1970, a Globo virou líder de audiência com um modelo de grade de programação horizontal e vertical, exibida de segunda a sábado, e o horário nobre preenchido por duas novelas intercaladas pelo Jornal Nacional, o carro-chefe da programação.


Séries Brasileiras

Regina Duarte em Malu Mulher. Nelson Di Rago/TV GloboEm 1979, foram lançadas as séries brasileiras Malu MulherCarga Pesada e Plantão de Polícia, que não só obtiveram grande resposta de público e crítica, como também proporcionaram uma renovação no time de autores da casa, com a contratação de escritores como Domingos Oliveira, Aguinaldo Silva, Euclydes Marinho, Doc Comparato e Antônio Carlos da Fontoura, entre outros. O diretor Daniel Filho foi um dos responsáveis pela concepção do projeto, iniciado com a série Ciranda Cirandinha um ano antes.

 “Tivemos um momento importante quando lançamos as séries brasileiras. Junto com as telenovelas e o jornalismo, elas fazem parte do grupo de coisas interessantes que mesclam o popular com elementos de qualidade e conseguem audiências excepcionais”, avalia Boni.

Também se destacaram na época programas como Caso Especial (1971) – elaborado a partir de histórias originais ou de adaptações de autores nacionais e estrangeiros;  A Grande Família (1972) – a primeira comédia de costumes da emissora,  escrita por Oduvaldo Vianna Filho e Armando Costa; e a série Aplauso (1979), revitalização do teleteatro na emissora, com a adaptação de peças teatrais nacionais ou estrangeiras.