Educação

Educação

Solucionar os problemas educacionais da maioria da população, ajudar a construir um país melhor e a formar cidadãos mais preparados para enfrentar os desafios da vida moderna é o lema da Fundação Roberto Marinho. Desde o início, a finalidade é usar a educação como fio condutor da cidadania. Referência em ensino à distância, o Telecurso é um exemplo de método para reduzir custos aos governos e ampliar a oportunidade de acesso à educação para milhares de brasileiros. 


Vídeo Escola

Criado em 1989, o Vídeo Escola era um projeto simples. Os organizadores queriam fortalecer a prática pedagógica dos professores dos ensinos fundamental e médio e complementar o currículo escolar. Para isso, reuniram uma série de filmes de TV e montaram uma videoteca, que ficou à disposição das escolas. O projeto ajudou na discussão de temas nos quais muitos alunos apresentavam dificuldade de entender, como Geografia e Ciências, entre outros, e servia de aula de reforço na rede pública.

Coordenadores  lembram que “o filme de televisão não substitui o professor, que é um parceiro indispensável. Mas contribui para o projeto educacional das secretarias de estado e dos municípios.” Vinte anos depois da criação do projeto, o Vídeo Escola mobilizava mais de 13 milhões de alunos e 410 mil professores, em 12.600 escolas públicas, distribuídas por 20 estados brasileiros. O projeto contou com a parceria do Banco do Brasil e do Unicef.