Obras de Arte

Obras de Arte


Raimundo Castro Maya

Raimundo Castro Maya, Vermelho, Peso 11 libras, Cabo Frio, 1948, (Pescado por Raymundo Castro Maya). Monotipia/papel decalcado em madeira. Foto: Cristiana Isidoro
Raimundo Castro Maya, Vermelho, Peso 11 libras, Cabo Frio, 1948, (Pescado por Raymundo Castro Maya).
Monotipia/papel decalcado em madeira. Foto: Cristiana Isidoro

Raimundo Castro Maya Xeréo, peso 18 libras, Cabo Frio, 1948.  Monotipia/papel decalcado em madeira. Foto: Cristiana Isidoro
Raimundo Castro Maya, Xaréo, peso 18 libras, Cabo Frio, 1948.
Monotipia/papel decalcado em madeira. Foto: Cristiana Isidoro


Raimundo Castro Maya era um dos grandes amigos de Roberto Marinho. Os dois eram companheiros desde a juventude e tinham em comum não só o gosto pela arte, mas também pela pescaria. Pescavam juntos em Arraial do Cabo, na Região dos Lagos, no estado do Rio de Janeiro. Em 1948, Castro Maya fez uma série de monotipias de peixes após pescaria com o amigo. A técnica da monotipia consiste em imergir os animais pescados em tinta e, posteriormente, imprimi-los em papel. Essas duas obras e outras cinco foram mostradas pela primeira vez na exposição O Século de um Brasileiro – Coleção Roberto Marinho, no Paço Imperial, Rio de Janeiro, RJ, 2004.