A instalação simulou a mesa de trabalho de Roberto Marinho no jornal O Globo, com sua máquina de escrever e alguns objetos pessoais como seus óculos, canetas e telefone. Ao fundo, duas grandes fotos mostravam Roberto Marinho e irmãos Rogério e Ricardo Marinho na redação do jornal, na antiga sede da rua Bittencourt da Silva, no Largo da Carioca. Ali, ele e seus irmãos trabalharam ao lado dos demais jornalistas durante mais de vinte anos. Roberto Marinho só teria uma sala privativa quando o jornal se mudou para a sede atual, na rua Irineu Marinho, em 1954.