A Editora Globo nasce em agosto de 1986, do espírito inovador de duas famílias: a Marinho e a Bertaso.  Essa última era dona da Editora Globo, de Porto Alegre, que tinha um dos melhores catálogos do país e privilegiava a qualidade das publicações.


Quem, Monet e Época Negócios

Em 2000, a Editora Globo lança Quem Acontece, hoje com quase 1,5 milhão de leitores. A publicação traz ao leitor as notícias mais quentes do mundo dos famosos, com as tendências de moda e estilo, comportamento, dicas de entretenimento e viagens. Além da versão impressa, está presente na internet e em versões para iPad e tablets Android.

Primeiro número da revista Época Negócios, 03/2007. Acervo Ed. GloboEnquanto isso, em 1995, a Globo crescia num outro segmento importante: a editora havia ingressado no mundo da TV paga em 1995, com a criação da Revista Multicanal, que passou a ser substituída pelo Guia de Programação Multicanal da NET. Em 2001, a editora interrompeu a publicação dos dois títulos voltados à TV paga: Guia de Programação NET e Revista Sky, e lançou a Monet. Atualmente, com cerca de 65 mil leitores, a Monet traz ampla cobertura das principais atrações de cada mês e matérias de viagem e da vida prática. A publicação tem a missão de tornar mais rica e completa a experiência do espectador brasileiro de TV paga. Dar subsídio estético, histórico, noticioso e analítico para os momentos de lazer do assinante.

Seis anos depois, em 2007, é lançada a Época Negócios, que logo ocupa importante espaço no mercado editorial. Atualmente, conta com cerca de 245 mil leitores. A missão da Época Negócios é descobrir, contar e analisar as melhores histórias de negócios e perceber e apontar as tendências de consumo, marketing, gestão, finanças e tecnologia. Apresenta as pessoas que fazem coisas diferentes e avalia a diferença que isso faz. A revista está presente na internet – no site Época Negócios – e em versão digital para tablets e smartphones.