Solucionar os problemas educacionais da maioria da população, ajudar a construir um país melhor e a formar cidadãos mais preparados para enfrentar os desafios da vida moderna é o lema da Fundação Roberto Marinho. Desde o início, a finalidade é usar a educação como fio condutor da cidadania. Referência em ensino à distância, o Telecurso é um exemplo de método para reduzir custos aos governos e ampliar a oportunidade de acesso à educação para milhares de brasileiros. 


Rocinha do Saber e Olá Turista

No Rio de Janeiro, em 2004, o projeto Rocinha do Saber ajudou 350 moradores, entre 18 e 29 anos, a concluir o ensino médio. A Fundação Roberto Marinho contou com o apoio do Viva Rio e do Instituto Unibanco. O projeto Olá Turista ofereceu, em 2009, cursos de inglês e espanhol a taxistas, garçons, policiais, funcionários de hotéis e outros profissionais do setor turístico, com apoio do Ministério do Turismo. Além do Rio de Janeiro, a iniciativa atuou nos 12 estados das cidades-sede da Copa do Mundo de 2014. Logo do programa Olá Turista, 27/08/2009. André Coelho/Agência O Globo

“A principal reserva do Brasil é a dos recursos humanos.” (Roberto Marinho)

Para o jornalista e empresário Roberto Marinho, desenvolvimento social estava ligado à educação e à cultura. No discurso que fez no jantar oferecido pela Associação das Entidades Mantenedoras dos Estabelecimentos de Ensino Superior, em 1980, o jornalista lembrou que “a principal reserva do Brasil é a dos recursos humanos. É essa reserva que nos cumpre aprimorar para vencer o atraso e eliminar desigualdades regionais e sociais que castigam grande parte de nossa população”.