A televisão sempre foi uma aliada da Fundação Roberto Marinho nos projetos que podiam transformar, para melhor, a vida do cidadão no trabalho, em família, na escola e na sociedade. Na Globo, os projetos ganhavam repercussão nacional e atingiam milhares de pessoas. 


Globo Educação

Quando foi criado, em 1990, o Globo Educação funcionava como uma faixa de programação. Abrigava séries de programas de 20 minutos de duração, realizados pela Fundação Roberto Marinho em parceria com produtoras independentes. Era exibido pela Globo aos sábados, às 6h10. Desse período, destacam-se duas séries: Viva o Mar, Viva o Povo que Vive do Mar e Um Pé de Quê?

Atualmente, o programa integra a grade do Globo Cidadania, exibido nas manhãs de sábado. A linha editorial do Globo Educação busca contribuir para o debate sobre o ensino no Brasil. Para isso, o programa percorre escolas em todo o país e entrevista professores, alunos, pais e especialistas, para mostrar exemplos de soluções locais para problemas da área.