Com a aprovação e o entusiasmo de Roberto Marinho, a Globosat surgiu de um projeto ambicioso. Em 1990, o  presidente das Organizações Globo, Roberto Irineu Marinho, teve a ideia de criar um sistema de televisão educacional que chegasse em cada comunidade do país por assinatura e Banda C, como é hoje o canal Futura. O projeto foi levado ao governo federal na época, mas não houve interesse. Apesar de não ter sido adotada pelo governo, Roberto Irineu resolveu submeter a proposta de uma empresa de TV por assinatura ao Comitê Executivo das Organizações Globo. Roberto Marinho foi o primeiro a gostar: “A criação da Globosat foi um projeto do Roberto Irineu com o Joe Wallach e, obviamente, levaram a ideia ao meu pai. E ele decidiu fazer, como qualquer veículo novo. Qualquer iniciativa nova que se levasse a ele, ele achava ótimo.”, diz João Roberto Marinho, vice-presidente das Organizações Globo.  E assim nasceu a Globosat, que entrou no ar em novembro de 1991, como a primeira programadora de TV por assinatura do Brasil. O canal educativo Futura, um dos objetivos iniciais da empreitada, só seria criado em 1997.


Telecine

João Mesquita, diretor geral da Rede Telecine, em coletiva do Telecine Play, 25/07/2012. Eliária Andrade/Agência o GloboAté 1997, o Telecine exibia filmes de todos os gêneros, 24 horas por dia no ar, devido a um acordo exclusivo de estreia firmado com grandes distribuidores norte-americanos de Hollywood, como a Universal Pictures, Paramount, 20th Century Fox e Metro-Goldwyn-Mayer.

O surgimento da ‘família’ Telecine divide e reorganiza, ao longo dos anos, os filmes em cinco canais: Telecine Premium, um canal de superestreias com os maiores sucessos e os mais recentes lançamentos; Telecine Action, com filmes policiais, de suspense, ação e terror; Telecine Touch, com filmes de romance e histórias que emocionam;  Telecine Fun, um canal com comédias e animações em versão dublada; Telecine Pipoca, com sucessos e lançamentos em versão dublada; e Telecine Cult, um canal considerado alternativo, com grandes clássicos e produções internacionais dos mais diferentes países. A nomenclatura, que já sofreu alterações, tem como objetivo facilitar a memorização do gênero de filmes que são exibidos em cada canal. O modo de exibição também foi expandido: filmes sem intervalo ou com pausa ‘para a pipoca’, com som original ou dublado em português.

“Ao longo dos anos, a ‘família’ Telecine divide e reorganiza os filmes em cinco canais”. (Alberto Pecegueiro, diretor-geral da Globosat)

Segundo João Mesquita, diretor-geral da Rede Telecine (e do Megapix), o foco dos canais Telecine são filmes de grandes bilheterias, os chamados blockbusters. Em sua programação, também estão inclusos os sucessos do cinema nacional. Os canais têm comprado e exibido filmes brasileiros com mais de 500 mil espectadores. Além disso, em 2011, a Rede Telecine fechou uma parceria inédita de licenciamento de conteúdo com a Disney, ganhando exclusividade na janela premium da TV por assinatura para o conteúdo Disney. A parceria reforçou o lema da rede de levar ao púbico, em primeira mão, o melhor do cinema.

Ao completar sua primeira década de vida, a rede já tinha mais de 1,4 milhão de domicílios assinantes. Em 2009, o canal disponibilizou sua versão em HD para o Telecine Premium. Em novembro de 2011, todos os canais Telecine já podiam ser assistidos também em HD.