Um faro visionário e talento para negócios foram os ingredientes que levaram Roberto Marinho a comprar a frequência 1180 kHz, faixa PRE-3, para criar a Rádio Globo. Com sua habilidade transformou, em poucos meses, a Rádio Transmissora do Rio de Janeiro numa emissora de grande sucesso.


Esportes

Na área de esportes, os destaques dos primeiros anos foram os programas Resenha Esportiva Brasileira (com Gagliano Neto), Instantâneos do Jóquei (com João Petra de Barros), Hora da Ginástica (com Oswaldo Diniz Magalhães) e Jornadas Esportivas. Os radialistas Jorge Amaral, Luiz Mendes e Raul Brunini acompanhavam os campeonatos locais, nacionais e internacionais, assim como jogos amistosos e os bastidores do futebol brasileiro.

“O Gagliano organizou sua resenha esportiva, que conta os menores detalhes da vida de nosso football e nossos footballers.” (Trecho de carta de Rogério Marinho, endereçada a Ricardo Marinho em 1945)

A primeira partida das finais do campeonato Brasileiro de Seleções, realizada no dia 3 de dezembro de 1944, entre as seleções do Rio de Janeiro (Distrito Federal) e São Paulo, foi o primeiro jogo transmitido pela Rádio Globo.  

Em 1948, a rádio destacou para a cobertura das Olimpíadas de Londres o repórter esportivo Fernando Jacques. A emissora irradiava diariamente, às 18h45, o programa Reportagem Olímpica, transmitindo diretamente da capital inglesa uma síntese dos acontecimentos do evento. Além desse boletim diário, a Rádio Globo transmitia as principais competições das equipes brasileiras.