Nos primeiros anos da segunda década do século XXI, a qualidade dos produtos da Globo continuou sendo reconhecida tanto internamente, quanto fora do país. Às vésperas de completar 50 anos, a televisão criada por Roberto Marinho nos anos 1960 faturou três prêmios Emmy Internacional, um de melhor telenovela – com o remake de O Astro –, um na categoria Comédia – com o seriado Mulher Invisível – e o conferido ao Jornal Nacional, na categoria Notícia, pela cobertura da ocupação da Vila Cruzeiro e do Complexo do Alemão pelas forças públicas de segurança do Rio de Janeiro, em 2010. Nessa década, as redes sociais entraram em cena na estreita relação do público com a televisão.

No comando da emissora, Octávio Florisbal deixou a direção geral em dezembro de 2012 e passou a fazer parte do Conselho de Administração das Organizações Globo. Carlos Henrique Schroder, até então diretor geral de Jornalismo e Esportes, assumiu o cargo de diretor geral da emissora com a missão de aprimorar a qualidade da programação e promover a criatividade e a inovação nos conteúdos para TV e para as demais plataformas digitais.


Entretenimento

Alguns programas de entretenimento completaram mais de dez anos no ar, como o Mais Você, apresentado por Ana Maria Braga; Caldeirão do Huck, comandado por Luciano Huck; Altas Horas, de Serginho Groisman; Programa do Jô, talk show apresentado por Jô Soares; e o humorístico Zorra Total. A apresentadora Angélica também manteve seu programa, Estrelas.

Outros fizeram sua estreia obtendo boas respostas do público e ganhando novas temporadas, como Esquenta!, com Regina Casé; Encontro com Fátima Bernardes, tendo à frente a ex-apresentadora do Jornal Nacional; e Na Moral, programa de Pedro Bial, compondo o painel de gêneros e estilos que sempre caracterizou a programação da Globo.

Uma das atrações consagradas pelo público foi o reality show musical The Voice Brasil, apresentado por Tiago Leifert, em que aspirantes a cantores se enfrentam num palco, após diversos treinamentos ao longo da semana, sendo julgados pelos cantores Lulu Santos, Claudia Leitte, Daniel e Carlinhos Brown.