A Globo começou a exportar novelas em 1977, com O Bem-Amado. Hoje, mantém sua presença no exterior através da venda direta de produtos nas feiras de televisão, da veiculação de sua programação pela Globo Internacional – que está presente em todos os continentes, em cerca de 80 países, com mais de 500 mil assinantes – e por meio da coprodução de novelas.


Emissoras no exterior

Uma das iniciativas da Globo na área internacional foi a criação, em 2007, da TV Globo Portugal, uma parceria da Globo com a portuguesa TV Cabo. A grade do canal foi montada com programas da Globo e da Globosat, oferecendo as minisséries e novelas mais marcantes, documentários, seriados, telejornais, programas esportivos, infantis e de entrevistas, musicais e humorísticos. 

Em 2009, a Globo ganhou sua primeira emissora afiliada no exterior, a IPCTV, do Japão, destinada à comunidade brasileira naquele país. Foi a primeira rede de televisão em língua portuguesa com grade de programação adequada ao horário japonês.